A meninA do cabelo curto e cachinhos ao vento

Indo pra escolinha de bike ontem, enquanto descia a rua, ouvi. “Hey, bike calçada grunidos blá blú ploft.” Parei.

Oi? O moço responde:”bike na calçada? com esse meninão na garupa, põe ele pra pedalar.”

(Senta-lhe o verbo)

Eu respondi: moço, este trecho é perigoso, te desrespeitei na calçada? Se sim, me desculpe.

Ele: “Não, não desrespeitou (falando com sorrisão). Já está na hora desde rapazinho pedalar sua própria bike.”

Eu: “Ela, menina Marina, vai na garupa pra escola porque nas ruas lá embaixo (apontando pras ruas do bairro) tem ônibus nas três pixtas. Acho perigoso 8 anos no asfalto e na calçada vão questionar muito, prefiro esperar e levar na garupa.”

Ele: “Pois então é tarefa do homem. Pede pro pai fazer isso!”

Sai cantarolando Raul Seixas

Tem dias que a gente se sente, um pouco talvez menos gente. Da chuva cair na vidraça, num dia de maio ou abril…. sem qualquer amiga do lado, eu sofro em silencio calada, porque neste dia tão calmo, o tempo parece parar….

(adaptação da música Profecias do Raulzito)

SOBRE MENINA DE CABELO CURTO

Nina me contou algo sobre deixar crescer cabelo, deixar bem comprido, pra não a confundirem com um menino.  Ela disse querer conversar comigo sobre o assunto. Ainda não fechamos esse bate papinho. Válido e extremamente importante.  Sem pressa, no tempo da Nina, vai acontecer.

Esta não foi a primeira e nem será a última vez que a chamam de menino. Nina é uma menina que adora brincar, subir em árvore, pular, jogar bola, brincar de boneca, peão, corda, patinete. Nina não tem o perfil de princesinha se shoppping, prefere a valente da floresta. Nina às vezes pede pra se vestir igual as amigas, de rosa, raramente. Prefere se lambuzar na poça de lama ao salto alto da mamãe, entende? É vaidosa, gosta de pentear o cabelo, usar fivelinha e nem sempre lambra de olhar no espelho e ver que sai de casa toda descabelada e feliz da vida. Nina não deveria se preocupar com os outros, com o pensamento dos outros.13223608_1188480057829574_1214718411_o

As Profecias
Raul Seixas

Tem dias que a gente se sente
Um pouco, talvez, menos gente
Um dia daqueles sem graça
De chuva cair na vidraça
Um dia qualquer sem pensar
Sentindo o futuro no ar
O ar, carregado sutil
Um dia de maio ou abril
Sem qualquer amigo do lado…

Captura de Tela 2015-09-13 às 10.34.20 Las Magrelas  bike anjo Sampa Pe quadrado  logo-bce46fba8e10112b7cf38bcd469ffa5f Captura de Tela 2015-05-17 às 21.19.35

Silvia Ballan, mãe,ciclista, bike anjo,  bikerrepórter do Instituto CicloBR e colaboradora do Bike é Legal da Renata Falzoni, mãe de Nina, 7, Bia, 16, acredita na educação das crianças em espaços públicos, na rua, na troca … As crianças e adultos são capazes e possuem habilidades para descobrir problemas e solucioná-los de maneira consciente quando conhecem e vivem a cidade.

“Se queremos uma pessoa melhor, cuidamos da criança. Se queremos um cidadão, levamos os pequenos a viver a cidade”, afirma Silvia.

UM DOS NOSSOS OBJETIVOS: mostrar que mãe, filhos, mulher, familias inteiras podem pedalar pela cidade. Não é necessário usar roupas específicas ou ser atleta. 

CURTA CHEGUEI DE BIKE NO FACEBOOK –>cheguei_de_bike_positivo-copy

Captura de Tela 2015-02-12 às 17.07.50Captura de Tela 2014-12-30 às 23.05.28Captura de Tela 2015-08-13 às 16.22.10

Ciclocidade, Lasma, OGangorra, Sampapé, CicloBR, Aromeiazero, Dani Lessa e Rio Bike, obrigada por acreditar!

Anúncios
Galeria | Esse post foi publicado em na RUA, NOTÍCIAS e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para A meninA do cabelo curto e cachinhos ao vento

  1. Sheryda Lopes disse:

    Ai, que raiva dessa pessoa! Vc deve ser muito paciente pra não ter esculhambado com esse cara. Ultimamente eu tô super brava com esse tipo de coisa. Imagina, o boy querer te dizer o que vc faz ou não? tsc, tsc.
    A Nina é linda de cachinho curto e vai ficar linda também de cabelo comprido, se ela quiser. Já esse homem da história tá bem feião, por dentro.

  2. Mariana Akemi disse:

    Querida Nina, se vc se sentirá melhor com o cabelo comprido tudo bem, mas não importa se seu cabelo é comprido.ou curto, pessoas as x não prestam atenção, não nos enxergam com o coração antes de nos dirigir a palavra. Use seu cabelo, sua roupa como vc quiser, como vc se sentir bem, aproveite enquanto vc ainda é uma little girl. Beijo no coração.

  3. Pingback: Beco da Bike #17: Mulheres no Pedal - Deviante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s